Skip to content

Antonio Candido – Direito à literatura

…um Brasil não só original e surpreendente, mas também problemático, contraditório, errático. Aí convivem o local, o regional, o nacional e o cosmopolita, de par com o romântico e o moderno, o eclético e o exótico, o escritor engajado e o brasilianista nativo. Há sempre uma luta pela democracia, de permeio à vigência da oligarquia; sempre uma luta contra a tirania, em busca da cidadania. (Octavio Ianni, “Nação e narração”, em Antonio Candido: pensamento e militância, cit., p.P. 80.)

Candido O Direito à Literatura

https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/3327587/mod_resource/content/1/Candido%20O%20Direito%20à%20Literatura.pdf

Nota

Círculo de cultura digital

Imagem

Pensamentos e utopias da América Latina

Pensamentos e utopias da América Latina como um ato de ser e de conhecer nos aproximam da cultura e da educação que é  condizentes com a emancipação. Articular os países e culturas Latino-Americanas a partir da  educação popular e a investigação participativa é o desafio.